Inicio Últimas Notícias Noticias com Foto Alunos do projeto Formando Cidadão comemoram dia da criança
Alunos do projeto Formando Cidadão comemoram dia da criança Imprimir E-mail
Sex, 14 de Outubro de 2011 16:41

O Projeto Formando Cidadão foi implantado em 06 de outubro de 2001 e é um projeto desenvolvido pela Policia Militar e Prefeitura Municipal de Francisco Beltrão, com acompanhamento do Ministério Publico e Poder Judiciário. Conta ainda com o apoio da ACEFB e comunidade. Desde sua implantação foram atendidos aproximadamente 600 adolescentes.

Sendo que, a Prefeitura Municipal é a mantenedora do Projeto e responsável pelo repasse de verbas para a alimentação, uniformes, material pedagógico e material esportivo utilizado.

Atende á 25 adolescentes do sexo masculino na faixa etária dos 12 aos 17 anos. Os adolescentes são acompanhados por um policial militar, Sd. Gilberto Zanella o qual trabalha a ordem unida é a disciplina militar. E uma pedagoga, Vera Lucia de Witt que atua em todas as áreas pedagógicas, incluindo o reforço escolar. Bem como um estagiário de educação física Daniel Janesko e também uma cozinheira, Nelcy Poletto, ambos são funcionários públicos municipais.

O projeto tem como objetivo retirar os adolescentes das ruas e da ociosidade; Proporcionando meios e condições de bem estar e dignidade. Garantindo aos adolescentes em situação de risco pessoal e social, o pleno desenvolvimento de sua cidadania e o não envolvimento com ações delituosas; Desenvolvendo ações sócias educativas visando o seu desenvolvimento integral, baseada na disciplina, cívicas, moral e educacional; Oportunizando atividades de iniciação profissional, para inserção no mercado de trabalho; Garantindo-lhes o retorno e permanência na escola, através de atividades ocupacionais; Incentivando e acompanhando o convívio do adolescente com sua família assumindo compromissos e responsabilidades.

Sua estrutura compreende: sala de aula, cozinha, refeitório, alojamento, banheiros, sala de coordenação, campo de futebol suíço quadra de voleibol de areia, quadra de basquetebol e horta.

A capacidade máxima, que comporta o espaço físico destinado ao Projeto e de 25 alunos.  Sendo, assim uma das metas primordiais e a inserção no mercado de trabalho os alunos que atingirem a idade permitida pela lei do menor aprendiz, para poder oportunizar a entrada de novos alunos.

O atendimento prestado aos alunos inicia-se as 12hrs e estende-se ate ás 17h30min. Neste período os alunos desempenham diversas atividades tais como aulas de reforço escolar, higiene bucal e pessoal, valorização e autoestima, comportamento e relacionamento intra e interpessoal, trabalho em equipe, artes e cultura, cidadania, ética, ordem unida, práticas esportivas, horticultura, participação em desfiles cívicos e outras atividades culturais. Como atividades extracurriculares os alunos participam de cursos profissionalizantes, oferecidos pela prefeitura, cursos estes na área de informática, artesanato em madeira, oratória ou cursos direcionados ao mercado de trabalho (marketing pessoal e profissional).

Em período de férias os alunos, acompanhados pelos instrutores (policial militar, pedagoga é uma equipe multidisciplinar: bombeiros e integrantes do exercito) participam de acampamento de férias com duração de 08 á 15 dias, onde realizam diversas atividades dentre as quais: pista de fio, trabalho em equipe, esportes diversificados, aulas de educação física com acompanhamento pedagógico interdisciplinar envolvendo todas as atividades.

O Projeto prioriza também a participação da família, para tanto, pais e responsáveis são convocados á participarem da reunião mensal, onde são conscientizados do comportamento de seus filhos não só no Projeto, mas na escola regular. Nestas reuniões á a entrega de cestas básicas para que os adolescentes possam desta forma auxiliar na manutenção alimentar da família.

Diante do todo explicitado acima, garantimos que o Projeto Formando Cidadão e de grande valia, proporcionando condição de vida mais digna a inúmeros adolescentes que deixam de ser menores de rua para tornarem-se cidadãos capacitados aptos a conviverem em sociedade.


Fonte: Polícia Militar

 

Apoiadores:

difer

itaipu
odoidao